Artigos

Você já ouviu falar em Auditoria de Conteúdo?

Confira nesse artigo o que é auditoria de conteúdo e como implementar no seu escritório jurídico

auditoria de conteúdo consiste em revisar conteúdos que já foram publicados, melhorá-los, eliminá-los ou até mesmo reaproveitá-los em diferentes formatos e mídias. Ao longo do tempo é comum aprimorar as técnicas de escrita, SEO, marketing e não é errado melhorar conteúdos que não estavam tão bons quando publicados.

Sabe aquele artigo que você escreveu no ano passado e foi publicado apenas no site do escritório jurídico? Você pode estar perdendo oportunidade de divulgá-lo em outros formatos. Por isso, realizar uma auditoria de conteúdo a cada seis meses é fundamental. Lembre-se de criar um calendário semestral ou anual de conteúdo, pois nesse material constará todo histórico de conteúdo produzido nos últimos meses. Não esqueça de inserir os links das publicações nessa planilha, assim facilita o trabalho na hora de rever o conteúdo.

ranking do Google possui como foco mostrar conteúdos de qualidade, que entregam as respostas que o consumidor está buscando, ou seja, ele está sempre buscando formas de otimizar os resultados das buscas.

Outro ponto fundamental na auditoria de conteúdo é entender se aquele conteúdo faz sentido para a sua audiência, se responde todas às dúvidas, se o conteúdo é útil. A análise das métricas também é fundamental como número de visualizações, taxa de rejeições, tempo médio na página, entre outras informações que podem ser analisadas através do Google Analytics.

Primeiros passos para realizar a auditoria de conteúdo:

  • Verifique o calendário de conteúdo. Se você não tem um calendário comece a criar um e inserir todos os artigos e publicações que irão para o mercado;
  • Comece a análise dos conteúdos e verifique as técnicas de SEO (otimização para mecanismos de busca);
  • Verifique se os conteúdos possuem conexão uns com os outros, eles se complementam, geram novos leads e clientes?
  • Estipule prazos para avaliar os conteúdos;
  • Veja quais conteúdos podem ser transformados em vídeo, imagem ou áudio. Seja criativo para distribuir esses conteúdos nas redes sociais e ampliar o alcance deles.

Você viu nesse artigo que é muito importante realizar auditoria de conteúdo periodicamente, e na área jurídica não é diferente, pois as leis mudam com frequência. Mas, não esqueça de um detalhe essencial no mundo da comunicação jurídica x público final – o tom de voz da marca, que deve estar alinhada em todos as mídias digitais. Esqueça o “juridiquês”, pois a linguagem precisa ser abrangente e compreensível a todos.

Se você quiser aprender mais sobre Produção de Conteúdo na Advocaciaclique aqui.

Confira alguns vídeos relacionados ao assunto:

Distribuição de conteúdo nas Mídias Sociais

Produzir conteúdo não é entregar o ouro para a concorrência

Maiara Trombini – Especialista em Marketing Estratégico e Marketing Jurídico

Compartilhe este post
Share on Facebook
Facebook
Share on LinkedIn
Linkedin
Tweet about this on Twitter
Twitter
Email this to someone
email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *