Artigos

Produção de Conteúdo na Advocacia

No meio jurídico, trabalhar a produção intelectual de acordo com as áreas do direito que se exerce torna o profissional referência em seu respectivo segmento e fortalece a reputação na rede. Por exemplo, no caso de um profissional que atua na área de Fusões e Aquisições, que busca prospectar empresas de TI, onde os responsáveis pela contratação de escritórios jurídicos são os gerentes jurídicos ou gerentes de tecnologia, pode escrever artigos relacionando a área de atuação com o nicho de mercado, como por exemplo “O aumento no número de fusões e aquisições na área de TI no Brasil”, “As vantagens da fusão e aquisição”, “Como alavancar o seu negócio através de fusões e aquisições”.

O alinhamento entre a produção de conteúdo, socialização na rede, análise dos índices de engajamento e periodicidade tornará o profissional cada vez mais conhecido em seu meio e entre seus seguidores. Consequentemente, o profissional consolida sua marca pessoal e os resultados começam a ficar mais visíveis.

Estimule a produção de conteúdo em sua equipe

Atualmente vê-se muitos profissionais se dedicando de forma sucinta e estratégica no Linkedin atuando com propósito e foco. Escritórios que possuem equipe com vasta experiência em suas áreas de atuação devem estimular seus profissionais a estarem presentes no Linkedin e buscarem conhecimento para utilização da ferramenta. O estímulo ao entendimento e desenvolvimento na rede também pode partir dos departamentos internos de recursos humanos e marketing. Em escritórios de médio e grande porte é possível criar um comitê de desenvolvimento intelectual que discutirão temas para aperfeiçoamento e  produção de conteúdo. É importante que os profissionais sejam incentivados e saibam o valor de trabalharem seus nomes no mercado.

Escritórios que produzem conteúdo com frequência são lembrados por clientes, prospects e no mercado, assim, acabam se tornando referência nas matérias trabalhadas.

Planejamento e tempo

Para se destacar e conseguir o devido reconhecimento dos artigos na mídia e no Linkedin será importante separar um tempo na agenda, fazer um planejamento quinzenal, semanal ou mensal de publicações. A partir do momento que o profissional começa a publicar artigos, consegue identificar quais conteúdos tiveram uma melhor aceitação na rede e qual o nível de popularidade do mesmo. Essa análise será crucial para identificar qual assunto o público que está conectado com o profissional tem interesse em ler, interagir e compartilhar. Com essas definições será mais fácil direcionar a produção dos próximos artigos. O planejamento e o alinhamento de conteúdo serão tarefas primordiais na jornada de produção de conteúdo.

Planeje, estude e dedique-se a escrever! Com certeza os resultados aparecerão em sua carreira e escritório!

Maiara Trombini – Consultora de Marketing Estratégico e Marketing Jurídico

www.maiaratrombini.com.br / consultoria@maiaratrombini.com.br

Compartilhe este post
Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInTweet about this on TwitterEmail this to someone

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *