Artigos

Não confunda Marketing Jurídico com Redes Sociais

Eu percebo que muitos profissionais da área jurídica confundem marketing jurídico com redes sociais. O marketing jurídico engloba um conjunto de estratégias desde a criação de um planejamento de ações, atendimento ao cliente, fidelização e entrega até chegar nas ferramentas de comunicação para fortalecimento da marca e interação com o público-alvo. Para você entender melhor onde entram as redes sociais no processo do marketing jurídico, resolvi trazer neste artigo, de forma resumida, os 4Ps do Marketing direcionados à área jurídica. Os quatro princípios são fundamentais para uma estrutura organizada de ações de marketing, sendo eles:

Produto – Advogados que respondem às necessidades dos clientes com serviços jurídicos pessoalizados, especializados e dinâmicos. A entrega do produto aos clientes deve se manter no mais elevado nível de profissionalismo e sempre com foco no resultado. Você também pode desenvolver novos produtos em seu escritório jurídico como webinars, cursos de extensão em parceria com universidades, palestras para clientes sobre assuntos específicos, entre outras ações.

Preço – Os custos dos serviços acordados entre advogado e cliente. A avaliação de valores e o foco no resultado irão trazer a lucratividade necessária para manter o escritório em pé, independentemente de ser serviços de advocacia consultiva ou contenciosa.

Praça – É a forma como o seu produto ou serviço estará disponível para o seu público-alvo e envolve a logística e distribuição, no caso da advocacia é a segmentação de lugar, as cidades, estados ou até mesmo países onde o seu escritório jurídico irá prestar serviço. Você vai escolher as regiões de atuação para segmentar o seu atendimento e os nichos de mercado que serão atendidos. Por exemplo: Você é um advogado que reside no sudeste brasileiro, na cidade de Brotas – SP, especializado em Direito Empresarial, na parte de contratos empresariais. O que a economia local oferece? Você pode atender empresas de médio porte voltadas ao setor de turismo na cidade de Brotas, isso lhe tornará um advogado especialista com foco em um segmento e nicho de mercado específico.

Promoção – O item promoção envolve o atendimento ao cliente, fidelização, a comunicação voltada ao público-alvo, quais os canais você utilizará para se comunicar com o seu prospect e cliente, quais as estratégias de marketing você irá adotar para fortalecer a marca do seu escritório no mercado, networking e tudo relacionado à divulgação do escritório. É nesse item que as redes sociais e outras ferramentas de marketing digital devem ser incluídas, sendo importante destacar que as mesmas possuem papel fundamental no suporte da comunicação, interação e fixação da marca. #marketingjurídico

As redes sociais fazem parte das estratégias de marketing digital que devem estar elencadas ao marketing jurídico. Não tenha medo de incluir as redes sociais nas estratégias de posicionamento da sua banca jurídica, pois trabalhando de forma ética e com foco na produção intelectual, as mesmas podem trazer grandes resultados ao escritório.

Conheça os meus Cursos online Redes Sociais para Advogados e Escritórios Jurídicos e Produção de Conteúdo na Advocacia.

Você pode assistir ao vídeo no meu Canal do Youtube:

 

 

 

Artigo originalmente publicado no Linkedin de Maiara Trombini

Maiara Trombini – Especialista em Marketing Jurídico – Consultora de Marketing Jurídico e Instrutora de Cursos e Palestras voltados ao público jurídico.

www.maiaratrombini.com.br | consultoria@maiaratrombini.com.br

Siga-me nas redes sociais: Instagram Canal no Youtube Facebook

Compartilhe este post
Share on Facebook
Facebook
Share on LinkedIn
Linkedin
Tweet about this on Twitter
Twitter
Email this to someone
email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *